Carregando site...

Sobre Felipe

Felipe nasceu em Maringá, Paraná, Brasil, no dia 23/05/2000.

É um piloto com o objetivo de chegar na categoria de topo do automobilismo: a Fórmula 1.

Sua paixão pelo automobilismo foi herdada da família Drugovich, que sempre esteve envolvida com grande sucesso em diversas categorias no Brasil. Atualmente ele reside na Itália, o que faz com que seja mais fácil correr na Europa, onde acontece a maior parte das corridas.


Carreira


Felipe iniciou a carreira no kartismo brasileiro em 2008, com apenas 8 anos de idade, e competiu no Brasil até os 13 anos. De 2013 a 2015 participou de corridas no kartismo internacional, correndo em equipes de ponta como ART Grand Prix e Kosmic Racing, atingindo ótimos resultados nos mais importantes campeonatos internacionais.

O ano de 2016 foi marcado pela estreia de Felipe nos carros de fórmula: disputou o Campeonato Alemão de Fórmula 4 da ADAC e o MRF Challenge 2016/17 no Oriente Médio, no qual garantiu uma vitória em Dubai.

Em 2017, Felipe se destacou e foi o 3º colocado na classificação geral do Campeonato Alemão de Fórmula 4 da ADAC como piloto da Van Amersfoort Racing (VAR). Conquistou 7 vitórias, sendo o piloto com maior número de vitórias na temporada. No final deste mesmo ano, também disputou duas competições com carros de Fórmula 3: a última etapa da FIA F3 em Hockenheim assim como a última etapa da Euroformula Open em Barcelona, na qual estreou com pole position e vitória.

O ano de 2018 não poderia ser melhor. Felipe sagrou-se campeão da MRF Challenge 2017/2018 com 10 vitórias e um desempenho espetacular. No campeonato Euroformula F3 Open, disputado junto à equipe italiana RP Motorsport, o piloto conquistou o título de campeão já na 12ª prova em Monza, contabilizando 14 vitórias em 16 corridas, e 2 segundos lugares, atingindo o recorde absoluto de vitórias da história deste campeonato.

Em 2019, Felipe Drugovich disputou o campeonato FIA Fórmula 3. O ano foi marcado por muitas dificuldades no setup e ajustes do carro, tornando muito difícil para Felipe apresentar resultado de destaque. Ainda assim, o piloto atingiu a melhor posição frente a seu companheiro de equipe na Carlin Buzz Racing.

surpreendentes em sua estreia na categoria. Em Spielberg, tornou-se o primeiro piloto a vencer em sua rodada de estreia na Fórmula 2 desde 2017, quando Charles Leclerc (atual piloto da Ferrari na Fórmula 1) foi o vencedor no Bahrein. No mesmo mês, Felipe conquistou sua primeira pole position na categoria, em Silverstone.

Na sexta rodada do campeonato, disputada no Circuito de Barcelona-Catalunha, o piloto conquistou sua segunda vitória na categoria com uma corrida impecável. Largando da segunda posição, saltou para a liderança antes mesmo da primeira curva e manteve seu ritmo com uma distância segura dos demais competidores até cruzar a linha de chegada.

Na 11ª e penúltima rodada do campeonato, Felipe Drugovich surpreendeu o mundo com sua primeira vitória na Feature Race (corrida realizada no sábado, mais longa que a prova de domingo e com um pit-stop para substituição dos pneus). O palco foi o Circuito Internacional do Bahrein, onde o piloto havia terminado a classificação com o segundo melhor tempo. Largando na primeira fila, Drugovich assumiu a liderança na primeira curva com uma ultrapassagem segura sobre o segundo colocado. A diferença passou a aumentar sensivelmente e, na volta 15, quando foi aos pits para a troca de pneus, o brasileiro estava quase 4 segundos à frente. Ao retornar à pista, Felipe Drugovich reassumiu a ponta na 20ª das 32 voltas, chegando a mais de 14 segundos de vantagem na bandeirada.

Na última rodada do ano, realizada no fim de semana seguinte, o piloto conquistou mais um pódio. Após uma sessão classificatória bastante positiva, Felipe garantiu um lugar na terceira fila do grid de largada na corrida de sábado (Feature Race). A corrida teve um ritmo intenso e Drugovich permaneceu em quinto, sempre próximo aos quatro primeiros durante todo o primeiro ‘stint’. Após substituição dos pneus, o piloto manteve o ritmo com sucessivas boas voltas ultrapassando o quarto colocado da prova. O brasileiro passou a lutar pela terceira posição com o piloto russo Nikita Mazepin, mas foi “espremido” pelo concorrente em duas tentativas de ultrapassagem. Na bandeirada final, Felipe foi o quarto colocado. Entretanto, após a prova, os Comissários puniram o piloto russo pela atitude antidesportiva em Drugovich, que passou então para a terceira posição.

Apenas quatro pilotos terminaram o ano com mais de duas vitórias. Destes, apenas dois eram estreantes. E Felipe Drugovich é um deles! Com um saldo de vitórias superior ao do campeão Mick Schumacher, Felipe foi considerado uma grande revelação na categoria, sendo apontado em jornais e sites do mundo todo como uma das maiores promessas brasileiras para disputar a Fórmula 1.

Em 2020 o brasileiro disputou o campeonato FIA Fórmula 2 pela equipe holandesa MP Motorsport, e atingiu resultados Para 2021 as expectativas são promissoras: Felipe Drugovich Disputará A Próxima Temporada Da Fórmula 2 Pela Uni-Virtuosi!

Vitoriosa em quatro das 24 provas do ano e dona de sete pole positions em doze possíveis, a UNI-Virtuosi finalizou a temporada com o título de vice-campeã entre as equipes e com o piloto vice-campeão, o britânico Callum Ilott. O time, comandado por Andy Roche, Declan Lohan e Paul Devlin, tem sua sede em Norfolk, na Inglaterra, e é uma das equipes mais famosas da história, com mais de três décadas de competição e inúmeros títulos conquistados.

“Estou muito contente por ‘subir a bordo’ da UNI-Virtuosi, uma das principais equipes da Fórmula 2. Será uma jornada muito boa, eles têm muita experiência na categoria e fizeram uma ótima temporada em 2020. O time compete apenas na Fórmula 2 e acho isso muito importante, o foco é total”, declarou Felipe Drugovich. “A equipe mudou de nome várias vezes ao longo do tempo, mas o pessoal é sempre o mesmo. Então a conexão entre eles é muito boa. O objetivo será lutar pelo título em 2021”, completou.

Andy Roche, o chefe de equipe da UNI-Virtuosi, saudou a chegada de Felipe Drugovich à equipe. “Estamos muito satisfeitos por termos o Felipe Drugovich ‘a bordo’ para a temporada 2021 da Fórmula 2 FIA. Ele teve um ano fantástico, com três vitórias, apesar da incerteza que 2020 gerou, e mostrou um ritmo e habilidades incríveis apenas em seu primeiro ano no campeonato”, disse o chefe da equipe inglesa.

“A UNI-Virtuosi Racing tem uma longa história de trabalho com jovens pilotos em sua busca pelo sucesso e é exatamente isso que pretendemos com Felipe. Estamos ansiosos pelos testes que começam nesta terça-feira para que ele possa iniciar o trabalho com seus novos companheiros de equipe e estar pronto para começar a próxima temporada”, acrescentou Andy Roche.


Maiores Conquistas:


KARTISMO

Carreira Nacional

2011

  • Campeão Brasileiro de Kart – Cadete
  • Campeão da Copa Brasil de Kart – Cadete
  • Campeão da Copa Brasil de Kart – Super Cadete

2012

  • Campeão da Copa Brasil de Kart – Júnior Menor
  • Campeão do Super Kart Brasil 7 – Júnior Menor
  • Campeão do Super Kart Brasil 8 – Júnior Menor
  • Vencedor do Capacete de Ouro – Revelação

2013

  • Campeão do Super Kart Brasil 13 – Júnior

Carreira Internacional

2014

  • 2º lugar WSK Champions Cup (2ª etapa) – KFJ
  • 2º lugar WSK Super Master Series (3ª etapa) – KFJ
  • 2º lugar Campeonato Europeu de kart (3ª etapa) – KFJ

CARROS DE FÓRMULA – Carreira Internacional

2016

  • Vencedor Rookie em Lausitzring (corrida 1) – ADAC F4
  • Vencedor Rookie em Oschersleben (corrida 1) – ADAC F4
  • Vencedor em Dubai (corrida 2) – MRF Challenge

2017

  • Vencedor em Lausitzring (corridas 2 e 3) – ADAC F4
  • Vencedor em Red Bull Ring (corrida 2) – ADAC F4
  • Vencedor em Oschersleben (corrida 2) – ADAC F4
  • Vencedor em Vallelunga (corrida 3) – F4 Italiana
  • Vencedor em Nürburgring (corrida 2) – ADAC F4
  • Vencedor em Sachsenring (corrida 3) – ADAC F4
  • Vencedor em Hockenheim (corrida 1) – ADAC F4
  • Vencedor em sua estréia da Euroformula 3 em Barcelona
  • Vencedor no Bahrain (corridas 1 e 2) – MRF Challenge
  • Vencedor em Dubai (corridas 1 e 3) – MRF Challenge
  • Vencedor em Abu Dhabi (corridas 1, 2, 3 e 4) – MRF Challenge

2018

  • Vencedor em Chennai (corridas 3 e 4) – MRF Challenge
  • Campeão do MRF Challenge 2017/18
  • Vencedor em Estoril (corrida 1 e 2º lugar na corrida 2) – EuroformulaOpen
  • Vencedor em Paul Ricard (corridas 1 e 2) – EuroformulaOpen
  • Vencedor em Spa Francorchamps (corridas 1 e 2) – EuroformulaOpen
  • Vencedor em Hungaroring (corridas 1 e 2) – EuroformulaOpen
  • Vencedor em Silverstone (corrida 1 e 2º lugar na corrida 2) – EuroformulaOpen
  • Vencedor em Monza (corridas 1 e 2) – EuroformulaOpen
  • Com 10 vitórias e 2 segundos lugares em 12 provas disputadas, Felipe tornou-se o grande campeão antecipado deste conceituado campeonato.
  • Vencedor em Jerez (corridas 1 e 2) – EuroformulaOpen
  • Vencedor em Barcelona (corridas 1 e 2) – EuroformulaOpen
  • Campeão e recordista histórico do campeonato Euroformula Open (14 vitórias de 16 corridas).

2019

  • Melhor resultado da equipe no ano (6º lugar) – FIA Formula 3
  • Melhor colocado da equipe no campeonato (16º lugar) – FIA Formula 3

2020

  • Vencedor em Spielberg (Sprint Race) – FIA Formula 2
  • Vencedor em Barcelona (Sprint Race) – FIA Formula 2
  • Vencedor no Bahrein (Feature Race) – FIA Formula 2

Calendario 2020:

Galeria

  • all
  • ADAC Formula 4
  • EuroFormula F3 Open
  • FIA FORMULA 2
  • FIA Formula 3
  • MRF Challange



Novidades




Drugovich conquistou novo pódio na Fórmula 2 no Bahrein após Nikita Mazepin receber punição

Atitudes do piloto russo atrapalharam possível vitória do piloto brasileiro neste sábado A Fórmula 2, categoria de acesso à Fórmula 1, disputou neste sábado (5), no Bahrein, a primeira corrida de sua 12ª e última etapa da temporada. E, em uma corrida bastante ‘quente’ dentro da pista, o brasileiro Felipe Drugovich conquistou um resultado de pódio e marcou novos...
Ler mais

Felipe Drugovich venceu no Bahrein e é um dos pilotos com mais vitórias em sua temporada de estreia na Fórmula 2

A Fórmula 2 disputou neste sábado (28) a primeira das duas corridas da 11ª e penúltima etapa da temporada. O palco foi o Circuito Internacional do Bahrein, que também recebe neste final de semana mais uma rodada da Fórmula 1. E se a sexta-feira (27), quando foi o segundo colocado na tomada de tempos, foi...
Ler mais

Globo Esporte: Felipe Drugovich acelera a caminho da Fórmula 1

Piloto paranaense vem se destacando na Fórmula 2, a principal porta de entrada para a principal categoria do automobilismo mundial.


entre em contato

email

manager@drugovich.com.br